segunda-feira, 21 de dezembro de 2009

Com a Felicidade do Meu Sonho


Com um lápis desenhei:
A felicidade, a bondade,
O amor e a lealdade.
Com uma borracha apaguei:
O ódio, a guerra, a mentira e o sofrimento.
Com uma moeda comprei:
Alimentos para quem tinha fome,
Roupa para quem tinha frio,
E um lar para quem não tinha abrigo.
Com a felicidade do meu sonho,
Desenhei o desejado,
Apaguei o errado
E fiz sorrir.


É com este poema que eu desejo a todos um santo e Feliz Natal,
Espero que este poema nos ajude a sermos mais humanos.

FELIZ NATAL

sábado, 19 de dezembro de 2009


O texto final do novo acordo sobre alterações climáticas de Copenhaga fixa um aumento máximo da temperatura média em dois graus mas não estipula um prazo preciso nem especifica medidas a adoptar pelos países para alcançar esse objectivo.

O Secretário-Geral da ONU, Ban Ki-Moon, disse hoje em declarações aos jornalistas em Copenhaga que foram lançados “os alicerces do primeiro acordo global para limitar os gases do efeito de estufa.”
Um acordo ainda com muitas fragilidades mas que Ban Ki-Moon quer trabalhar pata “transformar este texto num tratado legalmente vinculativo em 2010.”
Uma grande parte dos 193 países reunidos em Copenhaga não está de acordo com o texto final, um desacordo dito pelo próprio Ban Ki Moon: “não é tudo o que esperávamos, mas esta decisão da conferência das partes é uma etapa essencial.”
O texto final com o esqueleto de um tratado global sobre redução de emissões de gases com efeito de estufa (GEE), negociado nas últimas duas semanas na cimeira da ONU sobre alterações climáticas, em Copenhaga, considerado o maior e mais importante encontro de sempre sobre o clima, foi avaliado pela maioria dos 192 países que participaram nas negociações como um acordo politico minimalista.

Basicamente todas as decisões importantes, entre as quais as metas de redução de emissões globais, foram adiadas para a próxima reunião das partes da Convenção Quadro da ONU sobre asAlterações Climáticas, a realizar no final de 2010, no México.

A próxima fase de negociações ficou marcada para a cidade alemã de Bona, daqui a seis meses, enquanto as metas de redução das emissões até 2020 serão decididas em Janeiro do próximo ano.

Apesar de fixar os dois graus centígrados como o aumento máximo da temperatura global até 2050 para evitar as interferências mais graves no clima, relativamente aos níveis de 1990, e de exigir "cortes significativos" de emissões de GEE dos países, o documento, que não é juridicamente vinculativo, não estipula um prazo preciso ou especifica quais as medidas a adoptar para alcançar esse objectivo.

O texto final não só omite o montante global da redução das emissões de (GEE), ao contrário do que era exigido pela maioria dos países participantes, como também não leva em contra o objectivo estabelecido pela ONU de que o bloco dos países ricos adoptasse valores homogéneos de redução de emissões para 2020 e 2050.

Sob o título de Acordo de Copenhaga, o documento também não estipula o compromisso de conter as emissões poluentes até 2050, limitando-se apenas a recolher as propostas a médio prazo anunciadas voluntariamente por cada país.

No caso dos Estados Unidos isto significa uma redução de 17 por cento, relativamente aos níveis de 2005, o que corresponde a um corte de três por cento relativamente a 1990, os níveis de referência adoptados pela União Europeia, que vai reduzir as suas emissões em 20 por cento.

O acordo estabelece ainda que os países ricos transfiram um montante de 30 mil milhões de dólares (21 mil milhões de euros) entre 2010 e 2012, e de cem mil milhões de dólares (setenta mil milhões de euros) a partir de 2012, até 2020, para financiar os países pobres e em desenvolvimento a mitigarem as suas emissões e adaptarem-se aos efeitos do aquecimento global.

A declaração fixa que desses 30 mil milhões de dólares nos próximos três anos, os EUA aportarão 3.600 milhões de dólares, a UE 10.600 milhões e o Japão outros 11 mil milhões de dólares.

O acordo alcançado atenua também as referências de textos anteriores aos mecanismos para a verificação dos compromissos que os países em desenvolvimento venham a assumir para controlar o aumento das suas emissões, ao qual a China se opunha, passando estes a ser referenciados como sistemas "internacionais de consulta e analise" que garantirão "que se respeite a soberania nacional".

O texto estipula ainda que os países que receberem ajudas de financiamento devem submeter as suas emissões a medições nacionais e comunica-las a cada dois anos a Convenção Quadro.

O acordo reconhece igualmente o papel crucial da redução das emissões pela diminuição do deflorestamento o da degradação das florestas, pelo que prevê a necessidade de destinar fundos "novos, adicionais e previsíveis" nesse sentido sobretudo as nações menos desenvolvidas, estados insulares do Pacífico e países africanos.

O plenário da cimeira conseguiur chegar a uma conclusão sobre o acordo, alcançado na maratona de negociações durante a noite. No documento, os países em desenvolvimento prometem mais esforços para combater as alterações climáticas

segunda-feira, 14 de dezembro de 2009

O PND pediu, o governo soube escutar.


No dia 15 de Maio o PND defendeu a criação do curso de medicina na UA


A distrital de Aveiro do Partido da Nova Democracia (PND) exige que o Governo dê mais atenção à saúde no distrito. E novos hospitais, em Aveiro e Águeda.

Rui Pires da Silva, coordenador distrital agora eleito, sublinhou que “não basta o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde visitar o Hospital Infante D. Pedro e desafiar o conselho de administração a começar a planear novas instalações”, pois, frisou, “este desafio deixa claro que nada está previsto pelo Governo e Aveiro não compreende como há dinheiro para estádios, aeroportos e TGV’s e falte para o essencial, como a saúde”.
O Hospital Infante D. Pedro “está a rebentar pelas costuras mas não é exemplo único no distrito. Repare-se o caso de Águeda também”, acrescentou Rui P. Silva, defendendo uma clara aposta pública nesta área.
O coordenador do PND diz que a construção de novos hospitais em Aveiro e Águeda deveria ser acompanhada da criação da licenciatura de medicina.

“Aveiro tem dado provas inequívocas de vanguarda na investigação científica, com uma universidade modelo a nível europeu. Leccionar Medicina em Aveiro tem de ser uma aposta pública”, afirmou Rui P. Silva, pedindo “mais transparência na atribuição de licenciaturas necessárias, mas que interesses pouco claros impedem de surgir”.





Hoje o governo responde assim:


Aveiro: Governo anuncia amanhã curso de Medicina na Universidade
No dia do 36.º aniversário da Universidade de Aveiro, é anunciado o curso de Medicina e assinado o protocolo de financiamento do Parque de Ciência e Inovação

www.diarioaveiro.pt

O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Mariano Gago, anuncia amanhã o Programa de Formação em Medicina da Universidade de Aveiro (UA), numa sessão marcada para as 11.30 horas no auditório da Reitoria, na qual também participa a ministra da Saúde, Ana Jorge. O anúncio do curso de Medicina a ministrar na Universidade de Aveiro, a desenvolver em colaboração com a Universidade do Porto (UP), é feito no dia da cerimónia comemorativa do 36.º aniversário da instituição aveirense.
A apresentação do curso de Medicina inclui a assinatura de um memorando de entendimento entre as várias entidades parceiras da nova licenciatura. Será assinado um protocolo entre o ministro Mariano Gago, a reitora da UA, Maria Helena Nazaré, o reitor da Universidade do Porto, José Carlos Marques dos Santos, o pró-reitor da UA para a área da Saúde, Nelson Rocha, e o presidente do Conselho Directivo do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar, António Sousa Pereira.
Antes, conta-se com as intervenções dos reitores da UA e da UP e de Fernando Lopes da Silva, membro da Comissão de Avaliação Internacional do Curso de Medicina.
O curso deverá arrancar no ano lectivo 2011/2012 com um número máximo de 50 alunos. Além da UP, a UA terá as parcerias dos hospitais de Aveiro, Viseu e Santa Maria da Feira e do Instituto de Ciências Biomédicas Abel Salazar.
(Ler artigo completo na edição em papel)

João Peixinho

segunda-feira, 7 de dezembro de 2009

Barragem sempre vai para a frente

FCC construirá un aprovechamiento hidroeléctrico en Portugal por un importe de 107 millones de euros

www.fcc.es

FCC construirá para Energías de Portugal (EDP) las Presas de Ribeiradio y de Ermida, los accesos a la Presa de Ribeiradio y otras obras complementarias, por un importe de 107 millones de euros.

El primer ministro de Portugal, José Sócrates, asistió a la colocación de la primera piedra de estas instalaciones, que estarán terminadas en cuatro años y generarán 134 GWh (gigavatios/hora)

La Presa principal, la de Ribeiradio, es de gravedad en hormigón de directriz circular, con 262 m de longitud en coronación y altura máxima 74 m con un volumen de 230.000 m3. El aliviadero está formado por 3 vanos de 13 x 13 m, con compuertas tipo segmento, y desagüe de fondo de 2,5 m diámetro. El cuenco disipador se forma mediante una represa de hormigón con 6 m de altura máxima, situada a 135 m aguas abajo.

La Central Hidroeléctrica, construida en pozo circular de Ø23 m y 36 m de profundidad. Dispone de un único generador que se alimenta mediante un circuito hidráulico subterráneo, integrado por toma de agua, galería de aducción de unos 205 m y 5,5 m de diámetro y restitución al cuenco disipador.

La Presa de Ermida, para generar el contraembalse, es también de gravedad en hormigón, pero su directriz es recta, con 175,1 m en coronación y altura máxima 35 m, y un volumen 75.000 m3. El aliviadero es de labio fijo, con desagüe de fondo de 1,2 x 1,5 m y dispondrá de cuenco disipador de 30 m. La central hidroeléctrica esta equipada con 2 generadores, alimentados por circuitos hidráulicos independientes que atraviesan el cuerpo de presa.

Los accesos a la Presa de Ribeiradio, tendrán una longitud de 1,34 km por la margen derecha y 1,00 km por la margen izquierda, con una pendiente media del 10%, con trazado de montaña y una plataforma de 6,5 m, con 2 carriles de 2,75 m y arcenes de 0,50 m.

El restablecimiento de la carretera EM 569, en la margen derecha de la presa de Ermida, tendrá 2,35 km de longitud e incluye la construcción de un puente sobre la Ribera de Salgueira.

Para la construcción de la obra serán precisos: más de 570.000 m3 de excavación, más de 370.000 m3 de hormigón y más de 7.700 t de acero.

FCC tiene una dilatada experiencia en la ejecución de obras hidráulicas. En la actualidad está construyendo varias grandes presas de diversa tipologías: En España, (las más importantes son Castrovido de 99 m de altura, Yesa de 117 m, Enciso de 105 m), en México, El Zapotillo de 132 m y en Bulgaria Tsankov - Kamak de 130 m, a través de su filial ALPINE.

terça-feira, 1 de dezembro de 2009

Banco Alimentar regista maior recolha de sempre

A recolha de Natal do Banco Alimentar superou todas as expectativas. Mais de 146 toneladas de alimentos foram recolhidas em dois dias, no nosso distrito

Com a devida vénia ao Diário de Aveiro

Apesar da crise generalizada e do flagelo do desemprego bater à porta de milhares de portugueses, a campanha de Natal do Banco Alimentar Contra a Fome foi a melhor de sempre. Os números positivos chegam, praticamente, de todo o país e Aveiro não foge à regra: durante a campanha do passado fim-de-semana, foram recolhidos 146.501 quilos de géneros alimentares que, durante os próximos meses, vão chegar à mesa de cerca 29 mil aveirenses.

De acordo com Martinho Pereira, responsável pelo Banco Alimentar de Aveiro e coordenador das recolhas efectuadas pelo distrito (excepções para Arouca e Castelo de Paiva), “em Aveiro, o aumento registado nesta campanha corresponde a cerca de 20 por cento, comparativamente à campanha de Natal do ano passado”, aplaudindo a forma “generosa e compreensiva com que os aveirenses aceitaram colaborar”.

Aveiro foi o concelho que juntou maior quantidade de alimentos (34.568 Kg), seguido por Santa Maria da Feira, com 21.108 Kg, e depois Ovar, com 11.129 Kg. Do lado extremo estão os concelhos da Mealhada e Murtosa, ambos com 2.531 Kg.

Extraordinário
voluntariado
De uma forma geral, e de acordo com aquele responsável, a tendência de crescimento esteve presente em todo o distrito, deixando um destaque especial ao voluntariado. “Mais uma vez, os voluntários apareceram em força, cheios de vontade de trabalhar e muito conscientes de que estavam a contribuir para uma causa válida e humanitária”, referiu Martinho Pereira ao Diário de Aveiro.

E foi mais longe: “Este ano sentimos a força do voluntariado de uma forma mais intensa do que é normal. Fizemos a triagem completa dos alimentos recolhidos (acabámos cerca das três horas da madrugada) e ainda deu para limpar a sala”, recorda, garantindo que o número de voluntários apontado como ideal (1.800) foi superado.

Ao longo desta semana, até ao dia 6, há ainda a possibilidade de contribuir para os Bancos Alimentares através da Campanha “Ajuda Vale”, presente em todas as lojas das cadeias Pingo Doce/Feira Nova, Dia/Minipreço, El Corte Inglés, Jumbo/Pão de Açúcar, Lidl, Modelo/Continente.

Também na rede das cerca de 3.800 lojas “Payshop” é possível contribuir para esta campanha, efectuando uma doação em dinheiro que será convertida em leite (dá lugar à emissão de recibo).

segunda-feira, 23 de novembro de 2009

PND RECORDA JORGE FERREIRA COMO “EXCELENTE HOMEM, POLÍTICO E AMIGO”.

www.terranova.pt
PND recorda Jorge Ferreira como “excelente homem, político e amigo”.

PND RECORDA JORGE FERREIRA COMO “EXCELENTE HOMEM, POLÍTICO E AMIGO”.

PND RECORDA JORGE FERREIRA COMO “EXCELENTE HOMEM, POLÍTICO E AMIGO”.















Aveiro 2009-11-23 16:17:48

O PND de Aveiro “lamentou” o falecimento de Jorge Ferreira. Rui Pires da Silva está demissionário mas deixou o testemunho sobre Jorge Ferreira que “foi sem duvida um excelente homem, político e amigo”. Nas eleições de 2005 foi cabeça de lista às eleições legislativas por Aveiro. “Recordamos com saudade um amigo, que estava sempre alegre e bem disposto, mesmo sabendo a doença que tinha”, disse Rui Pires da Silva

sábado, 21 de novembro de 2009

PND de luto com a perda de um grande homem

Vougario e eu próprio, vem por este meio lamentar o falecimento do Dr. Jorge Ferreira.

Jorge Ferreira foi sem duvida um excelente homem, político e amigo.

Jorge Ferreira foi cabeça de lista as eleições legislativas de 2005 por Aveiro, homem que sempre vai ficar na memória dos Aveirenses pela luta que sempre fez na defesa dos interesses deste distrito.

“ Recordo com saudade um amigo, que estava sempre alegre e bem disposto, mesmo sabendo a doença que tinha”

O Vougario e eu próprio dirige a toda a família os mais profundos sentimentos.

Rui Pires da Silva

.

sexta-feira, 20 de novembro de 2009

RUI PIRES DA SILVA DEIXA PND E ADMITE FILIAR-SE NO PSD.

Rui Pires da Silva deixa PND e admite filiar-se no PSD.


Segundo Rui Pires da Silva o partido “cometeu asneira atrás de asneira na preparação para os actos eleitorais”. Diz, ainda, que o PND não tem “pernas” para andar desta forma. “Ou Monteiro pega no partido, ou mais vale terminar com ele de vez”, desabafa o politico de 25 anos. Rui Pires da Silva afirma que não vai desaparecer da vida politica, pois foi eleito Deputado Municipal em Sever do Vouga onde concorreu como cabeça de lista para a Assembleia Municipal como independente na lista do PSD.

Confrontado sobre uma ligação ao PSD, Rui Pires da Silva diz que nunca escondeu o seu gosto pela política, mas que para já o seu partido é Sever do Vouga.

www.terranova.pt


terça-feira, 10 de novembro de 2009

Nova loja Online

lenebay

Blogger de coisas minhas possíveis de trocar

http://lenebay.blogspot.com/


segunda-feira, 14 de setembro de 2009

PND apresenta queixa-crime contra vândalo de cartazes

Um indivíduo de 19 anos terá vandalizado material de campanha do partido


O PND/Aveiro apresentou uma queixa-crime contra um indivíduo de 19 anos por este ter alegadamente vandalizado material de campanha do partido em Sever do Vouga, noticia a Lusa.

De acordo com o coordenador do PND/Aveiro, Rui Pires da Silva, os actos de vandalismo ocorreram no sábado (dia 12) e foram presenciados por elementos do partido que estavam a colocar material de campanha junto à Câmara Municipal.

«O indivíduo do sexo masculino estava a vandalizar alguns pendões publicitários e depois ainda gozou com os militantes do PND quando lhe perguntaram porque o estava a fazer», disse Pires da Silva.

De imediato foram chamadas as autoridades que conduziram o indivíduo ao posto da GNR para ser identificado, revelou.

O líder do PND/Aveiro disse estar preocupado com a situação e avançou que o partido vai apresentar queixa «sempre que aconteçam qualquer tipo de situações deste género».

O caso vai também ser entregue à Comissão Nacional de Eleições, «para que possam abrir um inquérito e averiguar o que está por trás disto tudo».

quarta-feira, 9 de setembro de 2009

Rui Pires da Silva candidato à Assembleia Municipal

Rui pires da Silva é o Cabeça de lista como independente à Assembleia Municipal de Sever do Vouga pelo PSD.

No jantar de preparação da campanha das Autárquicas, marcadas para o próximo dia 11 de Outubro, realizado no dia 25 de Agosto, este jovem de 24 anos, prometeu total empenho para a mudança que diz ser necessária num concelho do interior que não tem sabido criar oportunidades de fixação da população deixando que os jovens saiam e não voltem.

O Jantar contou com os principais candidatos das listas do P.P.D./P.S.D. à Câmara Municipal, Assembleia Municipal e juntas de freguesia do concelho de Sever do Vouga.

Quem é Rui Pires da Silva?

Rui Manuel Pires da Silva tem 24 anos e é natural de Paçô, Cedrim. Exerce actualmente a actividade profissional de gestor comercial na área das telecomunicações.

sábado, 15 de agosto de 2009

Portugal tem 650 mil «eleitores fantasma»

Elevado número de eleitores falsos cria abstenção fictícia de sete por cento


Foram detectados 650 mil eleitores a mais nos cadernos eleitorais, um número que cria uma abstenção fictícia de cerca de sete por cento. No entanto, apesar de fictícia conta para a estatística final.
Com a devida vénia: www.tvi24.iol.pt

De acordo com a última actualização dos cadernos eleitorais divulgada em Julho pela Direcção-geral da Administração Interna (DGAI), encontram-se recenseados 9,3 milhões de portugueses, numero que não corresponde à realidade visto existirem apenas 8,6 milhões de portugueses maiores de idade, segundo as estimativas de população residente de 2008 do INE.

Assim sendo, aos 63,5 por cento de abstenção nas eleições europeias é necessário retirar sete pontos.

Para André Freire, sociólogo, é «urgente» a resolução do erro visto que esta é uma diferença «grave» que influencia a abstenção e «custa dinheiro aos contribuintes», lembrando que o número de mandatos depende do número de pessoas inscritas.

DGAI rejeita responsabilidade

Segundo a Lusa, a DGAI rejeita qualquer responsabilidade, salientando que os dados do recenseamento são «actuais e consolidados», acrescentando que os dados são recolhidos com base na informação obtida automaticamente nos sistemas de identificação civil, incluindo a plataforma do cartão de cidadão.

Com a reforma do recenseamento, mais de 300 mil cidadãos jovens eleitores saíram da «clandestinidade eleitoral».

«Os números reflectem ainda os milhares de cidadãos que, de acordo com a Lei da nacionalidade com regras mais justa, obtiveram a nacionalidade portuguesa. Acresce que um número significativo de pessoas, que não residem no país, mantêm bilhete de identidade nacional com residência em Portugal», explicou a DGAI.

Cartão do Cidadão regula recenseamento

Segundo a DGAI, até às eleições Europeias foram enviadas 265 mil notificações para eleitores que, por terem obtido o Cartão de Cidadão, foram inscritos pela primeira vez ou alteraram o recenseamento, acabando com as diferenças entre o número de eleitores e o total de habitantes por conselho.

Desde o lançamento do Cartão do Cidadão, os portadores são
obrigados a votar onde residem e não onde estavam recenseados, visto que os eleitores ficam automaticamente inscritos na freguesia correspondente à morada que tenham indicado no pedido do cartão.

A Comissão Nacional de Eleições recusou-se a comentar este assunto.

sábado, 8 de agosto de 2009

Raul Solnado 1929 - 2009



Raul Solnado morreu este sábado aos 79 anos.

O actor estava internado no hospital Santa Maria e, esta manhã, pelas 10h50m, foi confirmado o óbito.

Segundo informou o hospital, Solnado sucumbiu na sequência da evolução de um quadro clínico cardio-vascular grave, depois de ter sido operado à carótida, há três dias.

Raul Solnado - A guerra

sábado, 1 de agosto de 2009

O dobro que é dobro mas que depois já não é........

… o primeiro minuto do vídeo.

A bolsa é igual ao… dobro, quer dizer, é duas vezes mais… não? 5 vezes mais o abono de família… Não? Quer dizer… façam as contas…


segunda-feira, 20 de julho de 2009

Ficavouga 2009

Ficavouga 2009 de 25 de Julho a 2 de Agosto em Sever do Vouga



segunda-feira, 13 de julho de 2009

domingo, 12 de julho de 2009

Posso ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não esqueço de que minha vida é a maior empresa do mundo. E que posso evitar que ela vá à falência.

Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise.

Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.

É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma.

É agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida.

Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos.

É saber falar de si mesmo.

É ter coragem para ouvir um não. É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta.
Pedras no caminho?

Guardo todas, um dia vou construir um castelo...









quarta-feira, 8 de julho de 2009

VOUGARIO COMPLETA 2 ANOS DE EXISTÊNCIA


O Vougario faz este mês dois anos de vida.

Inicialmente era para se chamar riovouga, em homenagem ao Rio Vouga que é o rio que passa na minha terra natal, Cedrim – Sever do Vouga. Mas como já não era possível eu decidi inverter os nomes e ficou Vougario.

A todos os que durante estes dois anos visitaram este blogger e contribuíram para a sua existência, o meu muito obrigado.

Ao longo destes dois anos, o Vougario procurou sempre ser o mais correcto no que diz respeito à publicação de artigos, quer de originais do autor, de meios de comunicação social ou mesmo blogger de amigos.

O Vougario agradece a todos, as cerca de 6000 visitas que teve durante estes primeiros dois anos de existência.

MUITO OBRIGADO A TODOS.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

the song of my life





The song of my life é um espetáculo baseado no filme Mamma Mia e é abrilhantado com musicas dos ABBA.



Este espetáculo produzido de uma forma magnífica levou ao delírio a cidade de Águeda. Cidade esta que usou cine-teatro S. Pedro como palco do extraordinário musical que contou com a participação do coro Allegrus, coro misto e orquestra ligeira do conservatório de música de Águeda.

Sábado este espetáculo vai vir até a cidade da ria, pelas 21h30min no teatro de Aveirense.

Eu vou voltar a ver este espetáculo, venha também.

sábado, 27 de junho de 2009

Comissão Europeia contra as ‘Golden Share’

Comissão Europeia contra as ‘Golden Share’

Na sequência da intenção da PT de compra de parte do capital da Media Capital, empresa que detém a TVI, voltou à ordem do dia a questão das ‘Golden Share’. Trata-se de uma participação do Estado numa empresa, que, embora seja minoritária, dá poderes especiais. No caso deste negócio, a ‘Golden Share’ na PT dá ao Estado direito de veto. Porém, a Comissão Europeia já repreendeu Portugal diversas vezes em situações semelhantes por considerar que os Estados não devem intervir em negócios empresariais, como recorda a jornalista Teresa Correia.




Mais um cromo para a caderneta!!!!

É simplesmente triste o que este Ministro diz e faz, mas pareçe que até os patos põem ovos !!!!




sexta-feira, 26 de junho de 2009

Zeinal Bava afasta contactos com o Governo no negócio da Media Capital


O presidente executivo da Portugal Telecom esteve ontem na RTP para clarificar a posição da PT face às acusações de que o Governo poderá estar por detrás dos avanços para a compra de parte da Media capital, que detém a TVI. Zeinal Bava diz que a PT se limita a cumprir uma estratégia definida em 2008 e lembra também que a empresa está sujeita a reguladores de mercado, afastando os receios de falta de transparência manifestados por Cavaco Silva.

Interrogado sobre se, fruto da golden share que o Estado detém na empresa, a PT informou os responsáveis do Governo sobre um possível negócio para a compra da empresa que detém a TVI - o que em alguns sectores políticos levantou a suspeita de um possível controlo de informação -, o presidente executivo da Portugal Telecom rejeitou que tenha havido esse tipo de contacto.
Zeinal Bava não o disse contudo por palavras, envolvendo a argumentação nos próprios passos processuais da empresa.

"A PT não discutiu este tema na sua comissão executiva, se a PT não discutiu este tema na sua comissão executiva, que é o primeiro forum onde esse tema tem de ser discutido, e o segundo fórum é o Conselho de administração, eu penso que já respondi à sua pergunta", explicou.

Zeinal Bava admitiu que a sua vinda à televisão foi o repto lançado pelo Presidente da República no sentido de a PT velar pela "ética e transparência" face às "dúvidas fortes que neste momento estão instaladas na sociedade portuguesa": "Parece que o comunicado (à CMVM) não foi suficiente".

A resposta ao Presidente da República foi nesse sentido lapidar: "Temos o melhor regulador do mercado e acho que isto já garante transparência". Bava lembrou que a empresa está cotada nas bolsas de Nova Iorque e de Lisboa, o que na sua opinião assegura por si a rectidão das suas operações da PT.

Por outro lado, Bava assegurou que os contactos com a Prisa para a compra de parte da Media Capital não passam para já de uma exploração - e que apenas foram comunicados à CMVM devido a uma fuga de informação - que se insere na estratégia definida na PT em Abril de 2008, quando foi decidido na sede de Picoas uma aposta massiva nos conteúdos de televisão.

Não há negócio, não há instrumentalização, não há conversas com o Governo


Na entrevista da noite de ontem na RTP, Zeinal Bava quis deixar clara a situação relativamente a três pontos: não há ainda negócio, a instrumentalização (de jornalistas) e a interferência "é um insulto" e não houve contactos com o Governo.

No que respeita à concretização da compra de acções da Prisa, Bava sublinhou que apenas existem contactos com a empresa, comunicados ao mercado de valores fruto da fuga de informação, mas que nada existe de concreto no momento, nem a quota a adquirir nem o valor a pagar. O presidente da PT rejeitou os rumores que apontam para a aquisição de uma posição de 30 por cento envolvendo 150 milhões de euros.

"Tenho 11 anos de banca de investimento", lembrou Zeinal Bava, para sustentar que essa experiência lhe permite saber que "certas coisas fazem-se, não se anunciam".

Em relação aos receios de que a compra, em última instância, de parte da TVI, tivesse em vista uma interferência naquela televisão a nível editorial, o gestor considerou que "qualquer sugestão de instrumentalização é um insulto para nós, profissionais da PT", afastando dessa forma a hipótese de a concretização do negócio implicar o afastamento de José Eduardo Moniz, director-geral da estação.

"Temos vários investimentos nesta área e já temos provas dadas de que nunca interferimos, e também acho que os jornalistas, do meu ponto de vista, merecem respeito", acrescentou.

"Os rumores falam de 30 por cento da Media Capital, o que seria uma posição minoritária e com uma posição minoritária há decisões que nem podemos tomar", explicou ainda Zeinal Bava, escorando-se ainda em experiências anteriores: "Nunca interviemos na escolha do director-geral da SIC Notícias e tínhamos 40 por cento" do canal.

Quando interrogado sobre se o facto de o Estado possuir uma golden share não obrigaria a PT a consultar com o Governo, que gere essa posição, Zeinal Bava lançou uma última argumentação para cima da mesa: a Portugal Telecom gere o seu negócio tendo em vista o benefício de todos os seus accionistas, mas não os questiona sobre a estratégia que segue a cada momento.

O presidente executivo sublinhou que quando a PT vendeu "a Lusomundo Media há uns anos não pediu nenhuma autorização à golden share".


Com a devida vénia: RTP

quinta-feira, 25 de junho de 2009

Morreu Michael Jackson


O site TMZ avança que Michael Jackson morreu esta noite em Los Angeles. O Los Angeles Times confirma também a morte do "Rei da Pop".

Segundo a CNN, Michael Jackson tinha ido para um hospital de Los Angeles, depois dos serviços de urgência da cidade terem recebido uma chamada que dava conta de uma paragem cardíaca.

TMZ avança também que Jackson deu entrada no hospital já sem respirar e que as tentativas de reanimação não foram bem sucedidas.

O cantor norte-americano deixa três filhos menores.
Com a devida vénia ao JORNAL DE NOTÍCIAS

“The Song of My Life”

Acordamos, vivemos e sonhamos ao som de músicas que marcam cada momento da nossa vida. Como será contar uma história com músicas?

O espectáculo “The Song of My Life” baseia-se no filme Mamma Mia, uma história incrível, com tanto de comédia como de drama bizarro e extravagante. Conta-se através das canções do grupo sueco ABBA, compostas por Benny Andersson e Björn Ulvaeus, o grupo que venceu o Festival da Eurovisão em 1974 com o tema «Waterloo».

O desafio de realizar um musical foi colocado aos alunos do Conservatório de Música de Águeda, envolvendo toda a comunidade escolar. Sob um pano de fundo de música ao vivo, haverá cor, alegria, crianças, movimento e tudo o que se pode esperar de um espectáculo de palco de grandes proporções.

Poderá ver este espetáculo nos dias 26 e 27 de junho pelas 21h30 no cine-Teatro S.Pedro em Águeda e em Aveiro a 03 de Julho pelas 21h30 no teatro Aveirense.

Mais informações em: cmagueda.com

Continua o mistério da data das eleições

Cavaco só marca legislativas depois do Governo marcar autárquicas

Cavaco Silva ainda não decidiu a data das eleições legislativas e revelou, esta quinta-feira, que só a marcará depois do Governo anunciar a data das autárquicas.

«É o Governo, em primeiro lugar, que tem de anunciar a sua decisão sobre o dia das eleições autárquicas. E só depois disso é que o Presidente da República pode anunciar a sua decisão», disse, à margem de uma visita ao Ave Parque, em Caldas das Taipas, Guimarães.

Só PSD defende simultaneidade

O Presidente da República alegou que este é o processo «sugerido pelas leis em vigor».

«Fá-lo-ei quando chegar o meu tempo. Estarei concerteza preparado para anunciar aos portugueses essa data depois de o Governo anunciar a data das eleições autárquicas», reforçou.

Sobre a sua preferência pessoal, Cavaco respondeu: «Têm de aguardar até ao dia em que eu anuncio a minha decisão.»

Com a devida vénia : WWW.TVI24.IOL.PT

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Mealhada: Demissão em bloco paralisou Urgências do Hospital

A direcção clínica do Hospital da Mealhada demitiu-se em bloco. “Gestão ruinosa e desgoverno”, acusam os clínicos, que paralisaram o serviço de Urgência

Com a devida vénia ao www.diarioaveiro.pt


A decisão tomada, e a forma como foi tomada, apanhou de surpresa os responsáveis da Santa Casa da Misericórdia da Mealhada, entidade gestora do Hospital da Mealhada. Anteontem à noite, Luís Teixeira, director clínico daquela unidade, acompanhado do director-adjunto, Adriano Rodrigues, do directo técnico e do representante dos clínicos do serviço de Urgência, anunciaram a sua demissão, atribuindo responsabilidades deste acto aos “sucessivos erros de gestão”, à “gestão ruinosa” e às “interferências”, considerando mesmo que, em alguns casos, podem estar em risco os doentes.
A decisão tomada paralisou, desde logo, as Urgências do Hospital e terá representado a saída de cerca de 80 por cento dos profissionais clínicos da unidade hospitalar.
Dizendo-se “triste, cansado e desiludido”, Luís Teixeira referiu que o hospital “não é nenhum quiosque”, apontando “sucessivos erros de gestão” e de “intromissão” na área clínica, dando como exemplos os “filtros do bloco operatório, que deveriam ser mudados com regularidade” ou “o tanque de água que tem limos”. O sistema informático “contestado por todos e cujas informações podem ser apagadas” ou a “ausência de uma estratégia de compras” foram algumas das muitas falhas apontadas pelo director clínico demissionário, que acrescentou ainda existirem “demasiados laços familiares” entre as pessoas que trabalham no hospital.
(Ler artigo completo na edição em papel)

António Jorge Pires

segunda-feira, 22 de junho de 2009

The Song of My Life

Acordamos, vivemos e sonhamos ao som de músicas que marcam cada momento da nossa vida. Como será contar uma história com músicas?

O espectáculo “The Song of My Life” baseia-se no filme Mamma Mia, uma história incrível, com tanto de comédia como de drama bizarro e extravagante. Conta-se através das canções do grupo sueco ABBA, compostas por Benny Andersson e Björn Ulvaeus, o grupo que venceu o Festival da Eurovisão em 1974 com o tema «Waterloo».

O desafio de realizar um musical foi colocado aos alunos do Conservatório de Música de Águeda, envolvendo toda a comunidade escolar. Sob um pano de fundo de música ao vivo, haverá cor, alegria, crianças, movimento e tudo o que se pode esperar de um espectáculo de palco de grandes proporções.

Poderá ver este espetáculo nos dias 26 e 27 de junho pelas 21h30 no cine-Teatro S.Pedro em Águeda e em Aveiro a 03 de Julho pelas 21h30 no teatro Aveirense.

mais informações em . cmagueda.com

quinta-feira, 18 de junho de 2009

Morreu Carlos Candal, um dos fundadores do PS

Carlos Candal, fundador do PS, faleceu hoje nos Hospitais da Universidade de Coimbra, disse à Lusa fonte hospitalar.

Com a devida vénia : SIC

Carlos Manuel Natividade da Costa Candal, nascido a 1 de Junho de 1938, foi membro fundador do Partido Socialista e deputado por aquele partido na Assembleia Constituinte, na Assembleia da República em diversas legislaturas e no Parlamento Europeu.

Em 1995, foi cabeça-de-lista pelo círculo eleitoral de Aveiro e enfrentou nessa eleição, entre outros, Paulo Portas e Pacheco Pereira. A disputa desse círculo foi uma das mais polémicas, devido ao "Breve manifesto anti-Portas em português suave", um texto da sua autoria.

Em 2001, Carlos Candal candidatou-se ao cargo de bastonário da Ordem dos Advogados, perdendo as eleições para José Miguel Júdice.

O funeral, que se deverá realizar em Aveiro, ainda não tem data marcada.


Lusa
O vougario apresenta as condolências ao PS mas principalmente a Familia de Carlos Candal

terça-feira, 2 de junho de 2009

Sever do Vouga: Governante promete Unidade de Saúde Familiar


Secretário de Estado da Saúde assegurou, ontem, diversas melhorias na prestação dos serviços de saúde em Sever do Vouga



A qualidade dos serviços de saúde de Sever do Vouga ganhou, ontem, um novo fôlego, com a promessa da criação de uma Unidade de Saúde Familiar, bem como a modernização do Centro de Saúde de Sever do Vouga. A contratação de dois novos médicos ficou, também, assegurada.

As “boas notícias” foram dadas pelo secretário de Estado de Saúde, Manuel Pizarro, que esteve, ontem, em Sever do Vouga, na assinatura do protocolo entre os Bombeiros Voluntários e o INEM para a criação de um PEM (Posto de Emergência Médica) naquela corporação.

Elogiando o “espírito construtivo” com que foi recebido, Manuel Pizarro frisou a importância daquele momento para o aumento dos meios do concelho na área da saúde.

Após uma visita ao Centro de Saúde, o governante reconheceu que aquela infra-estrutura “está a merecer uma modernização”, apontando para a necessidade de aumento de qualidade dos serviços públicos. Segundo explicou Manuel Soares, presidente da Câmara Municipal, a autarquia ficará encarregue do projecto de modernização daquela infra-estrutura, bem como do ajardinamento da área envolvente. O acordo de renovação do Centro de Saúde será assinado em Junho, garantiu Manuel Pizarro.

A renovação do Centro de Saúde tem em vista a criação de uma Unidade de Saúde Familiar (USF), uma nova forma de gestão dos centros de saúde, que tal como explicou o governante garante que todos os doentes sejam atendidos no próprio dia.

Durante a cerimónia ficou também garantido que até 7 de Julho será colocado um novo médico em Sever do Vouga, apesar de Manuel Soares ter referido que há duas vagas que é necessário preencher.



Margarida Malaquias

http://www.aveiro.co.pt/noticia.aspx?id=76084

segunda-feira, 1 de junho de 2009

Yazaki, Ovar


Trabalhadores acusam administração de aproveitar «lay-off» para reduzir custos

Na Yazaki Saltano, em Ovar, os trabalhadores acusam a administração de estar a aproveitar-se do «lay-off» apenas para reduzir custos e desejam o regresso à fábrica de todos os funcionários.


http://www.tsf.pt/paginainicial/AudioeVideo.aspx?content_id=1250335



No final da semana passada, a multinacional japonesa anunciou que, dos quase 800 funcionários abrangidos pela redução temporária do horário de trabalho, cerca de 200 vão retomar, a partir de hoje, o horário normal.


Uma medida que foi justificada com um aumento ligeiro no número de encomendas.

Miguel Moreira, do Sindicato das Indústrias Eléctricas, lamenta que a medida não se aplique a todos os trabalhadores da Yazaki e faz um apelo para que a administração coloque um ponto final no «lay-off».

O dirigente sindical afirma que os trabalhadores estão a desempenhar as suas funções «a um ritmo alucinante», acusando os responsáveis pela empresa de terem «descoberto a galinha dos ovos de ouro».

sexta-feira, 15 de maio de 2009

PND exige novos hospitais em Aveiro e Águeda


A distrital de Aveiro do Partido da Nova Democracia (PND) exige que o Governo dê mais atenção à saúde no distrito. E novos hospitais, em Aveiro e Águeda.

Rui Pires da Silva, coordenador distrital agora eleito, sublinhou que “não basta o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde visitar o Hospital Infante D. Pedro e desafiar o conselho de administração a começar a planear novas instalações”, pois, frisou, “este desafio deixa claro que nada está previsto pelo Governo e Aveiro não compreende como há dinheiro para estádios, aeroportos e TGV’s e falte para o essencial, como a saúde”.
O Hospital Infante D. Pedro “está a rebentar pelas costuras mas não é exemplo único no distrito. Repare-se o caso de Águeda também”, acrescentou Rui P. Silva, defendendo uma clara aposta pública nesta área.
O coordenador do PND diz que a construção de novos hospitais em Aveiro e Águeda deveria ser acompanhada da criação da licenciatura de medicina.

“Aveiro tem dado provas inequívocas de vanguarda na investigação científica, com uma universidade modelo a nível europeu. Leccionar Medicina em Aveiro tem de ser uma aposta pública”, afirmou Rui P. Silva, pedindo “mais transparência na atribuição de licenciaturas necessárias, mas que interesses pouco claros impedem de surgir”.


quarta-feira, 13 de maio de 2009

Governos têm descurado Saúde em Aveiro

A lista eleita a 8 de Maio último para coordenar a distrital de Aveiro do Partido da Nova Democracia (PND) exige que o Governo dê mais atenção à saúde no distrito de Aveiro.

Rui Pires da Silva, coordenador distrital afirma que “não basta que o Secretário de Estado Adjunto e da Saúde venha visitar as instalações do Hospital Infante D. Pedro (HIP) e desafiar o Conselho de Administração a começar a planear novas instalações”.

Este desafio deixa claro que nada está previsto pelo actual Governo e Aveiro não compreende como há dinheiro para Estádios, Aeroportos e TGV’s e falte para o essencial, como a saúde.

“Se olharmos à nossa volta vemos Coimbra com um hospital moderno e bem equipado, vemos Viseu com um hospital moderno, vemos o Porto com imensas ofertas no campo da saúde. Em Aveiro temos um hospital próprio de um país africano, valendo o esforço dos profissionais que ali trabalham”, acusa Rui Pires da Silva.

“Este Governo preocupou-se em encerrar Centros de Saúde, um pouco por todo o distrito, mas não acautelou infra-estruturas compensatórias. O Hospital Infante D. Pedro está a rebentar pelas costuras mas não é exemplo único no distrito. Repare-se o caso de Águeda também”, acrescenta o novo coordenador distrital do PND defendendo uma clara aposta pública nesta área.

Por último, Rui Pires da Silva diz que a construção de um novo hospital na cidade de Aveiro e um outro na cidade de Águeda deveriam ser acompanhados com a criação da licenciatura de medicina neste distrito. “Aveiro tem dado provas inequívocas de vanguarda na investigação científica, com uma universidade modelo a nível europeu. Leccionar um curso de Medicina em Aveiro tem de ser uma aposta pública”, defende pedindo mais transparência na atribuição de licenciaturas que se revelam necessárias, mas que interesses pouco claros impedem que surjam.

Nova coordenação distrital do PND

O PND empossou a nova coordenação, após um acto eleitoral muito concorrido, realizado em Lobão (Feira), a 8 de Maio.

Rui Pires da Silva promete defender intransigentemente os interesses do distrito de Aveiro “dentro e fora do partido”. Está na hora de mudar a injustiça de que o distrito de Aveiro tem sido alvo. “Contribuímos fortemente para a riqueza do país, mas depois não temos qualquer contrapartida”. Inverter este ciclo será a principal aposta desta lista que já pensa nas Legislativas e nas Autárquicas. Além de uma lista que o partido apresentará à freguesia de Lobão (Feira), Rui Pires da Silva revelou que já existe outra candidatura a uma freguesia importante do concelho de Aveiro.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

"Juntos somos capazes"


Rui Pires da Silva, 24 anos, é candidato à coordenação distrital de Aveio do Partido da Nova Democracia (PND) nas eleições marcadas para o próximo dia 8 de Maio, no Congresso que decorrerá na Rua do Comércio, n.º 1060, 1.º Frente, Sala B (junto às Finanças), em Lobão, concelho de Santa Maria da Feira.
Com a devida vénia ao : Demoliberal.com.pt

O candidato reuniu “vários militantes activos” para formar a lista e promete lutar pelo distrito de Aveiro, “dentro e fora do partido”. As principais acções centram-se nas Legislativas e nas Autárquicas onde a Nova Democracia procura ainda candidatos a várias Juntas e Munícipios, mas pretende ter uma significativa representação após estes actos eleitorais.

Rui Pires da Silva já foi o coordenador aveirense das Novas Gerações, o órgão político para a juventude da Nova Democracia, e membro da Direcção Nacional desta estrutura. Actualmente faz parte do Conselho Nacional, eleito em Janeiro na lista da actual líder, Maria Augusta Montes.
A líder da Nova Democracia pediu, durante o 4º. Congresso, que decorreu numa unidade hoteleira do Porto, para que Aveiro volte a ser uma força viva do partido.

O PND acredita que terá uma representação parlamentar nas próximas Legislativas, apontando todas as baterias para Braga, onde Manuel Monteiro é o candidato de um movimento denominado “Missão Minho”. A Madeira, onde o PND já tem um deputado regional, é outro dos círculos eleitorais onde é previsível a eleição de deputados.

Rui Pires da Silva reconhece que Braga e Madeira são grandes apostas do partido, mas recusa deixar Aveiro de fora e promete tudo fazer para alcançar um resultado que dignifique este partido de direita. “Nas Legislativas vamos ser a voz dos descontentes de um distrito que sempre contribuiu fortemente para a riqueza do país sem nunca ter as respectivas contrapartidas”, refere, acrescentando que “quando se fala em grandes obras só aparece Lisboa, como se o resto do país fosse mera paisagem”.

Inverter o ciclo de desertificação que assola o interior do distrito (na saúde, na educação, na justiça e na segurança), apoiar os trabalhadores que sempre deram o seu melhor nos seus postos de trabalho para, de um momento para o outro,os verem desaparecer e promover o turismo no litoral aveirense, retirando todo o potencial da ria de Aveiro são algumas linhas programáticas que irá desenvolver.

“Queremos estar ao lado dos descontentes com a actual política governativa, mas que pretendem apresentar soluções alternativas”, diz Rui Pires da Silva deixando claro que dispensa “velho do Restelo”, conformistas e de quem aposta sempre nos mesmos.

BI de Rui Pires da Silva
Nome: Rui Manuel Pires da Silva
Idade: 24 anos
Natural: Cedrim, Sever do Vouga
Residente: Aveiro
Profissão: Gestor Comercial de telecomunicações

quarta-feira, 6 de maio de 2009

PND Madeira

Que há um ditador na Madeira já todos o sabíamos, agora que haja também uma PIDE!

É verdade, acreditem que é verdade, pois a chaimite que o partido da Nova Democracia da Madeira usou para as comemorações dos 35 anos da conquista da Liberdade, conquistada a 25 de Abril de 1974 está apreendida pela PIDE, desculpem pela PSP (aí a minha cabeça anda tão cansada!!).

E sabem qual foi o motivo para tão importante apreensão? Sabem? Não?

Pois eu também não, mas segundo a PIDE, desculpem, a PSP ( aí esta cabeça vai ser aminha morte)a viatura foi apreendida porque estava a impedir o acesso a uma residência, á pois é meus caros, as formiginhas também tem direito a casa, e vocês foram logo por a chaimite na porta da entrada da casa da Srª e do Srº formiga, isso não se fazia.

Já estou a ver o próximo programa do professor José Hermano Saraiva, vai ser algo do gênero:
Foi aqui, foi aqui em 25 de Abril do ano de 2009 que taparam a entrada a formiga, foi uma tragédia enorme.

Bem e é assim que se faz a história!!!!

E como dizia o Fernando Pessa, “E esta hem?!”




PND prepara candidatura a autarquias de Aveiro

Rui Pires da Silva, candidato à coordenação distrital de Aveiro do Partido da Nova Democracia (PND), diz que o partido poderá apresentar “várias” candidaturas a câmaras municipais e juntas de freguesia do distrito nas próximas eleições autárquicas, que se disputam veste ano.


Com a devida vénia :





Obter uma “significativa representação” no distrito é o objectivo do candidato à liderança do PND/Aveiro.



As eleições legislativas também não serão descuradas. “Nas legislativas vamos ser a voz dos descontentes de um distrito que sempre contribuiu fortemente para a riqueza do país sem nunca ter as respectivas contrapartidas”, disse o gestor comercial de 24 anos, natural de Cedrim, Sever do Vouga.



As eleições para a liderança da comissão distrital do PND decorrem a 8 de Maio, durante um congresso agendado para Lobão, Santa Maria da Feira.



Notícia publicada a 5 de Maio de 2009.

PND/Aveiro

Rui Pires da Silva é candidato à distrital de Aveiro do PND. Eleições estão marcadas para 8 de Maio.

Rui Pires da Silva é o candidato à coordenação distrital de Aveiro do Partido da Nova Democracia (PND). As eleições estão marcadas para o próximo dia 8 de Maio, no congresso que irá decorrer em Santa Maria da Feira.


Com a devida vénia : Rádio Terra Nova


Rui Pires da Silva já foi o coordenador aveirense das Novas Gerações, o órgão político para a juventude da Nova Democracia, e membro da Direcção nacional desta estrutura. Actualmente faz parte do Conselho nacional, eleito em Janeiro na lista da actual líder, Maria Augusta Montes.


De acordo com uma nota do PND, o candidato à distrital de Aveiro reuniu “vários militantes activos” para formar a lista e promete lutar pelo distrito de Aveiro, “dentro e fora do partido”.


“As principais acções centram-se nas legislativas e nas autárquicas onde a nova Democracia procura ainda candidatos a várias Juntas e Municípios, mas pretende ter uma significativa representação após estes actos eleitorais.

ASSEMBLEIA GERAL ELEITORAL DO CÍRCULO ELEITORAL DE AVEIRO DO PND


Candidatura de Rui Pires da Silva à coordenação Distrital do PND - Aveiro

Aveiro é dos principais 18 distritos de Portugal continental, caracterizando-se pela sua diversificação geográfica, que vai do mar até à serra, e por gentes de trabalho nos mais variados sectores de actividade.

Esta candidatura para a coordenação do PND-Aveiro propõe-se centrar a sua actuação na defesa intransigente dos interesses do distrito e na defesa dos seus valores. Instituições como a Universidade de Aveiro não podem ser ignoradas do panorama da investigação no país, e mesmo no mundo. O tecido produtivo tem, forçosamente, um papel importante. As indústrias dos moldes, calçado, metalomecânica, ramo automóvel, cerâmica, construção civil são apenas alguns dos muitos exemplos que proliferam pelos 19 concelhos que constituem este distrito.

Aveiro é também uma região rica em recursos naturais. A floresta, a vitivinicultura, a água (marcas como a Luso ou Serrana situam-se aqui), a gastronomia, a indústria pesqueira, o sal, a hortofloricultura e a agricultura em geral têm também um papel preponderante.

As praias, os museus, a ria, as aldeias rurais perdidas nas serranias são atractivos que trazem ao distrito de Aveiro milhares de turistas.
O dinamismo cultural está bem presente nas suas associações juvenis, culturais, desportivas e recreativas. As instituições sociais também desempenham um papel notável.

Por tudo isto se verifica que Aveiro é um distrito de atracção, nem sempre reconhecido pelos sucessivos governos.


Rui Pires da Silva

Aveiro, 1 de Maio de 2009

terça-feira, 5 de maio de 2009

Vasco Granja morre aos 83 anos


Vasco Granja, divulgador de banda desenhada e do cinema de animação em Portugal, morreu esta segunda-feira, aos 83 anos.


O último director da revista Tintim ficou conhecido do grande público pelo programa “Cinema de Animação”, que apresentou na RTP durante mais de 16 anos. A jornalista Andreia Brito recorda alguns dos momentos que marcaram uma geração.



domingo, 3 de maio de 2009

4 de Maio de 2009

4 de Maio é o 124º dia do ano no calendário gregoriano (125º em anos bissextos). Faltam 241 para acabar o ano.

Eventos históricos


1471
- Guerra das Rosas: A facção de Lancaster perde a batalha de Tewksbury e Henrique VI de Inglaterra é novamente deposto
1493 - Concluída a bula papal Inter Caetera II, que dava aos espanhóis todas as terras a 100 léguas a oeste e sul dos Açores e Cabo Verde.
1675 - O Observatório de Greenwich é criado, durante o reinado de Carlos II da Inglaterra.
1776 - Rhode Island se torna a primeira das Treze Colônias a renegar a fidelidade ao rei Jorge III
1823 - O imperador Agustín I do México abandona o país na sequência da rebelião liderada por Antonio López de Santa Anna.
1858 - Benito Juárez estabelece Veracruz como a capital do México.
1886 - Um grupo de anarquistas explode uma bomba durante uma passeata de sindicalistas em Chicago, matando 11 pessoas e ferindo mais de cem.
1904 - A Companhia Francesa do Canal do Panamá entrega as suas propriedades ao representante do governo dos Estados Unidos.
1942 - Batalha do Mar de Coral
1949 - Na jornada 34 da temporada 48-49, o Torino tinha 4 pontos sobre a Internazionale e faltando 4 jornadas e 8 pontos por jogar, a Liga declarou-o campeão. Seu avião havia se chocado contra a igreja de Superga a umas milhas de Turin, regressando de um amistoso com o Benfica de Lisboa. Não houve sobreviventes. Acabou-se neste dia a história da melhor equipe italiana, o Torino na década de 40
1951 - General Anastasio Somoza toma posse da presidência da Nicarágua.
1979 - Margaret Thatcher é a primeira mulher eleita como chefe do governo britânico, após a vitória eleitoral dos conservadores.
1988 - Cientistas norte-americanos de Wistard obtêm a primeira vacina contra a raiva, mediante uma técnica de engenharia genética.
1990 - A Letônia proclama a independência.
1994 - O Primeiro-Ministro de Israel Yitzhak Rabin e o líder da OLP Yasser Arafat assinam um acordo de paz sobre a autonomia palestina, conferindo autogoverno à Faixa de Gaza e Jericó.
2004 - Garçon à la pipe, um quadro de Pablo Picasso, torna-se no objecto mais caro de sempre ao ser vendido em leilão por U$S 104,1 milhões de dólares, esse valor foi posteriormente ultrapassado.

Carmona ou Santana?


Dia das Mães

A todas as Mães, mas para a minha em especial, Felíz dia da Mãe.



O Dia das Mães também designado de Dia da Mãe teve a sua origem no princípio do século XX, quando uma jovem americana, Anna Jarvis, perdeu sua mãe e entrou em completa depressão.


Preocupadas com aquele sofrimento, algumas amigas tiveram a ideia de perpetuar a memória da mãe de Annie com uma festa. Annie quis que a homenagem fosse estendida a todas as mães, vivas ou mortas. Em pouco tempo, a comemoração e consequentemente o Dia das Mães se alastrou por todo Estados Unidos e, em 1914, sua data foi oficializada pelo presidente Woodrow Wilson: dia 9 de Maio.

Em Israel o dia da mãe deixou de ser celebrado, passando a existir o dia da família em Fevereiro.


Em
Portugal, o Dia das Mães é celebrado no primeiro domingo de Maio. Já no Brasil, é celebrado no segundo domingo de Maio, conforme decreto assinado em 1932 pelo presidente Getúlio Vargas.

3 de Maio de 2009

3 de Maio é o 123º dia do ano no calendário gregoriano (124º em anos bissextos). Faltam 242 para acabar o ano.

Eventos históricos

1494 - Cristóvão Colombo descobre a Jamaica.
1626 - Fundação da Povoação de São Nicolau, Primeiro dos Sete Povos das Missões.
1791 - A Constituição Polonesa de Maio, a primeira Constituição moderna da Europa, é proclamada pela Sejm.
1902 - Primeiro jogo de futebol oficial no Brasil: Mackenzie 2 x 1 Germânia.
1908 - Em Chicago, comemorou-se o primeiro Woman's Day (Dia das Mulheres). Presidido por Lorine S. Brown e documentado pelo jornal mensal The Socialist Woman, no Garrick Theather, reuniu 1500 mulheres que aplaudiram as reivindicações por igualdade econômica e política.
2007
Estudantes da Universidade de São Paulo ocupam a Reitoria.
Desaparece Madeleine McCann.

sábado, 2 de maio de 2009

Eleições Europeias

Sondagem Antena 1/RTP dá 39% dos votos ao PS e 36% ao PSD

Esta sondagem foi realizada pela Universidade Católica para a Antena 1, RTP, Diário de Notícias e Jornal de Notícias.



Se as eleições europeias se realizassem hoje, PS e PSD ficariam apenas a 3 pontos de distância. O Partido Socialista seria vencedor com 39% dos votos e o PSD conquistaria 36%. O Bloco de Esquerda surge nesta sondagem como o terceiro partido com mais votos, alcançando os 12%. Todos os dados são aqui apresentados pela jornalista Rita Roque.



PS 39% PSD 36% BE 12% CDU 7% CDS 2% Outros partidos 2% B/N 2%



2 de Maio de 2009

2 de Maio é o 122º dia do ano no calendário gregoriano (123º em anos bissextos). Faltam 243 para acabar o ano.

490 anos depois da morte de Leonardo di ser Piero da Vinci

(Provável autorretrato de Leonardo da Vinci)

Saudade de Ayrton Senna

Ayrton Senna faleceu há quinze anos


A 1 de Maio de 1994 foi-se um campeão numa corrida maldita

1 de Maio de 1994. Passaram-se quinze anos. Os brasileiros, em geral, e os amantes de Fórmula 1, em particular, não esquecem esta data. Marca o fim de um reinado, marca a partida de um herói canarinho: Ayrton Senna saiu de cena nesse dia, definitivamente.



O homem tinha 34 anos quando partiu. Ficou o mito

sexta-feira, 1 de maio de 2009

1 de Maio


Dia do Trabalhador



Em 1886, realizou-se uma manifestação de trabalhadores nas ruas de Chicago nos Estados Unidos da América.
Essa manifestação tinha como finalidade reivindicar a redução da jornada de trabalho para 8 horas diárias e teve a participação de milhares de pessoas. Nesse dia teve início uma greve geral nos EUA . No dia 3 de Maio houve um pequeno levantamento que acabou com uma escaramuça com a polícia e com a morte de alguns manifestantes. No dia seguinte, 4 de Maio, uma nova manifestação foi organizada como protesto pelos acontecimentos dos dias anteriores, tendo terminado com o lançamento de uma bomba por desconhecidos para o meio dos policiais que começavam a dispersar os manifestantes, matando sete agentes. A polícia abriu então fogo sobre a multidão, matando doze pessoas e ferindo dezenas. Estes acontecimentos passaram a ser conhecidos como a Revolta de Haymarket.
Três anos mais tarde, a 20 de Junho de 1889, a segunda Internacional Socialista reunida em Paris decidiu por proposta de Raymond Lavigne convocar anualmente uma manifestação com o objectivo de lutar pelas 8 horas de trabalho diário. A data escolhida foi o 1º de Maio, como homenagem às lutas sindicais de Chicago. Em 1 de Maio de 1891 uma manifestação no norte de França é dispersada pela polícia resultando na morte de dez manifestantes. Esse novo drama serve para reforçar o dia como um dia de luta dos trabalhadores e meses depois a Internacional Socialista de Bruxelas proclama esse dia como dia internacional de reivindicação de condições laborais.
Em 23 de Abril de 1919 o senado francês ratifica o dia de 8 horas e proclama o dia 1 de Maio desse ano dia feriado. Em 1920 a Rússia adota o 1º de Maio como feriado nacional, e este exemplo é seguido por muitos outros países. Apesar de até hoje os estadunidenses se negarem a reconhecer essa data como sendo o Dia do Trabalhador, em 1890 a luta dos trabalhadores estadunidenses conseguiram que o Congresso aprovasse que a jornada de trabalho fosse reduzida de 16 para 8 horas diárias.


Dia do Trabalhador em Portugal

1º de Maio na cidade do Porto
Em Portugal, só a partir de Maio de 1974 (o ano da revolução do 25 de Abril) é que se voltou a comemorar livremente o Primeiro de Maio e este passou a ser feriado. Durante a ditadura do Estado Novo, a comemoração deste dia era reprimida pela polícia. O Dia Mundial dos Trabalhadores é comemorado por todo o país, sobretudo com manifestações, comícios e festas de carácter reivindicativo, promovidas pela central sindical CGTP-Intersindical (Confederação Geral dos Trabalhadores Portuguêses - Intersindical) nas principais cidades de Lisboa e Porto, assim como pela central sindical UGT (União Geral dos Trabalhadores). No Algarve, é costume a população fazer pic-nics e são organizadas algumas festas na região.